sexta-feira, janeiro 13, 2012

Está tudo a ir-se embora!

E isso assusta-me!
De um dia para o outro, todos os dias ouço notícias ou sei de alguém conhecido que vai deixar Portugal para procurar a estabilidade noutro país. No The Guardian vem uma notícia sobre portugueses que apostaram no Brasil, na Visão vem uma reportagem com o título "Portugueses à Solta", e mesmo por aqui na blogosfera já me deparei com vários blogs cujos autores moram, ou pretendem morar no estrangeiro. Isto assusta-me mesmo!
Assusta-me e entristece-me.
Eu sou uma daquelas adeptas ferranhas do nosso país! Não suporto ouvir críticas, tento sempre defender e divulgar o que temos de bom. Mas admito que nos últimos tempos me tenho desiludido. Sei que Portugal já não consegue dar condições às pessoas para que realizem os seus projectos. Tenho pena que assim seja e que a maior parte tenha que ir embora e deixar quase tudo para trás.
Se puder evitar essa realidade ninguém me tira daqui! Adoro mesmo o meu país e não concebo a ideia de ir morar para outro definitivamente. Uma coisa é ter uma experiência de estágio, por exemplo, outra é ir de vez!
Nunca poderia deixar cá a L. e o R., os amores da minha vida, que são tão pequeninos e fazem parte da minha vida praticamente a tempo inteiro.

7 comentários:

  1. Daqui a nada tenho colegas por toda a Europa... França, Inglaterra, Suíça, Luxemburgo. Conheço muita gente que vai emigrar, e sei lá se eu também não o farei no futuro!
    Não sei o que vai ser do país com os jovens todos a fugir...
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. Não sou nacionalista nem gosto de nacionalismos. Sou aquele género de pessoa que acha que o mundo é um T0. Da-me igual onde viva, sempre e quando haja dignidade e qualidade. E neste momento, tais coisinhas não se encontram por cá.

    ResponderEliminar
  3. Eu acho que faz sentido pensar no nosso país como a nossa 'casa'. Claro que o mundo é todo de toda a gente, e viajar é das melhores coisas que se pode fazer, e o intercâmbio de culturas só trás vantagens ! Mas, falando por mim, para me sentir enquadrada é aqui. Não só por ser o meu país, mas também por ser aqui que tenho as minhas pessoas. E não podia andar com elas para trás e para a frente!:p Mas sim, a verdade é que nos dias que correm temos que ser cada vez mais do mundo e menos do nosso próprio país.

    ResponderEliminar
  4. Sabes porque falo assim? É que desde criança mudei muitas vezes de casa/cidade. Então gerou-se em mim um sentimento de falta de pertença. Muito sinceramente, quando me perguntam de onde sou, fico sempre atrapalhada sem saber o que responder. E os amigos que tanto amam também andam meio espalhados geograficamente, pelo que não sinto mesmo que tenha raízes em algum lado especifico. Sempre fui boa nómada ;)

    ResponderEliminar
  5. Também não queria nada ter algum dia que sair deste país, que eu acho que é maravilho! Pela minha família, pelos meus amigos, pela minha cidade...por tudo de bom que nós temos! Acho que prefiro estar aqui junto de quem amo e me apoia e não ser tão rica do que mais rica e ser infeliz! Só em casos muitos extremos é que saia daqui!

    ResponderEliminar