quarta-feira, janeiro 11, 2012

O prato do dia.

Hoje foi dia de estudo intensivo. O exame é sexta-feira, ainda não estudei tudo, mas dava tudo p'ra que fosse já amanhã, só p'ra poder esquecer esta matéria. Estudar testes psicométricos na teoria é a actividade mais aborrecida que pode existir! Uma coisa é na prática - aplicá-los, cotá-los e interpretá-los! Outra coisa é decorar os tamanhos das amostras americana e portuguesa, as médias e os desvios-padrão, os constructos que medem, quem são os autores, quais são as vantagens e as limitações, etc., etc., etc.!


Para animar, e porque se há coisa que me ajuda a descontrair é cozinhar ao som de boa música, a caminho de casa passei no supermercado e comprei os ingredientes necessários para fazer uma saborosa tortelloni de ricota e espinafres, com pedacinhos de frango, cebola e tomate picados, tudo envolvido em molho de soja.
E digo-vos uma coisa - ficou de comer e chorar por mais!
A sobremesa ficou-se por uma fatia do bolo de iogurte que fiz ontem a noite!

Parece-vos bem? ;)

4 comentários:

  1. Envia-me um chicho desse bolo :))

    ResponderEliminar
  2. Não acredito, tu tens de saber isso? Eu nunca tive e tirei o mesmo curso que tu há bem pouco tempo... Mas também, devo confessar-te que sinto que em termos de avaliação psicológica fiquei com algumas lacunas que tenho de compensar nos primeiros anos de prática!

    Ah e, já agora, era uma fatia de bolo de iogurte enviada para a minha residência, por favor!

    ResponderEliminar
  3. É verdade, Mary Jane! Mas o pior é que esta cadeira já não é bem de avaliação psicológica. Essas já as tive o ano passado. Esta é mesmo dedicada só a instrumentos de avaliação e a relatórios. E portanto o semestre resume-se a estudar inventários para tudo e mais alguma coisa e ainda ter de os aplicar a um sujeito e fazer o relatório...mas essa parte até dá prazer.

    P.S. Informo que do bolo já só restam umas migalhas!

    ResponderEliminar