terça-feira, março 13, 2012

Isto de estudar Psicologia tem muito que se lhe diga...

Apesar de não ser uma garantia de que vamos ser sempre mentalmente saudáveis ou que nos vamos adaptar a qualquer situação naturalmente, acredito que tem uma grande influência na manutenção da nossa sanidade mental (se bem que às vezes possa ter exactamente o efeito oposto e encontramos em nós próprios tudo quanto é psicopatologia relatada na DSM-IV-TR).
A verdade é que muitas vezes o que aprendo nas aulas me ajuda a perspectivar de outra forma o que me vai acontecendo e portanto acabo por conseguir ver as coisas de uma forma mais realista e ajustada... Pelo menos é assim que o sinto!
Este semestre tenho uma cadeira de Psicologia Positiva e Bem-Estar. Ainda só tive duas aulas à séria, mas já assimilei várias coisas importantes. Ao explicar algumas formas de terapias em Aconselhamento Positivo, dizia a professora que os acontecimentos negativos deixam em nós uma marca maior porque trazem consigo uma componente adaptativa e de sobrevivência (é fundamental relembrarmo-nos dele sempre que necessário para evitar que o erro que o originou se repita ou para que, numa situação idêntica, estejamos melhor preparados para agir). Dizia ainda que nalgumas técnicas terapêuticas é pedido ao cliente que ao fim de cada dia escreva três coisas boas que lhe tenham acontecido ao longo das últimas 24h. Com isso, pretende-se que ele consiga reflectir acerca dos acontecimentos e perceber que um dia que até pode ter considerado miserável, lhe ofereceu alguma coisa de bom que, até escrever, não tinha dado conta.
Sendo assim, estou a pensar eu própria em seguir essa 'terapia', se não todos os dias, pelo menos naqueles que me aborrecerem mais. Se acharem uma boa ideia, porque não fazê-lo também?:)

3 comentários:

  1. Uma excelente ideia, escrever três coisas boas que tenham acontecido durante o dia! Gostei.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. Vou fazer isso, principalmente naqueles dias em que me sentir mais aborrecida! Obrigada pela ideia, gostei =)

    ResponderEliminar
  3. Disciplina interessante, essa. É como eu sempre digo! Não existem coisas más. Tudo, até o pior, nos dá força, estofo, molda-nos o carácter. Eu tento sempre ver a luz na escuridão, é uma forma de me manter estável.

    ResponderEliminar