quinta-feira, abril 26, 2012

Gostava de conseguir fazer diferente

Apesar de não o ter dito aqui, e de não o ter dito a mais ninguém para além do H., desde o início do ano que me tem dado uma certa vontade de deixar Coimbra. Passados 4 anos, e mesmo sendo uma cidade maravilhosa, começo a ficar cansada de ver o mesmo todos os dias - as mesmas pessoas, os mesmos locais, as mesmas ruas... No início do ano saiu uma reportagem na Visão sobre Braga, que é este ano a Capital Europeia da Juventude e, desde essa altura, não foram poucas as vezes que pensei em como seria bom viver lá por uns tempos. A Reportagem teve o dom de evidenciar o melhor que lá existe e não foi difícil imaginar-me por lá!
No entanto, como a minha irmã também deve vir p'ra Coimbra estudar, pensei que seria bom viver com ela nesse último ano. Apesar de nos adorarmos, nunca tivemos uma relação muito cúmplice e penso que nos faria bem viver juntas! Além disso, a ideia de ir para outra cidade sozinha, onde não conheço nada nem ninguém também me deixou de pé atrás, e coloquei a ideia de lado...
A ironia do destino é que, na lista dos locais de estágio, aparece uma vaga para Braga que, muito provavelmente não será preenchida por ninguém! E, se por um lado, a razão me diz para ficar por Coimbra (e na sua estabilidade), também penso até que ponto não deveria ver isto como uma oportunidade de arriscar! Faço demasiadas vezes o que é lógico e expectável. Faço demasiadas vezes aquilo que os outros esperam que eu faça, simplesmente para lhes agradar... Às vezes gostava de ser mais solta, não pensar demasiado, arriscar e ver no que dá!
Provavelmente vou escolher Coimbra... mas gostava de conseguir fazer diferente.

11 comentários:

  1. Eu em relação a Coimbra tenho uma opinião muito particular, pois adoro-a.. por tudo o que passei.. Mas se tens essa sensação e hipótese, porque não arriscas?
    E pensa será que a tua relação vai ficar mais forte com a tua irmã?

    Seria uma experiência única e não deixes possibilidades passarem só porque não queres deixar o que é seguro..

    kisses***

    ResponderEliminar
  2. E porque não? Só tens uma oportunidade!

    ResponderEliminar
  3. Segue o teu coração! Isso é sempre o mais importante :)
    Tu próprias, pelas tuas palavras, mostraste algum desejo se arriscar, de "fazer diferente", de ir à aventura. Não penses no que os outros esperam de ti nem faças o que, aos outros, parece melhor e mais indicado! Tens mesmo é de ir atrás do que dita o teu coração!

    ResponderEliminar
  4. Arrisca! No ano passado por esta altura vivi em Braga, também por causa de estágio e adorei :)
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  5. Olá Jude, plha eu sou de pertinho de BRAGA.. e adoro. eu cá acho que devias apostar, não há nada como melhor do que mudar de ares, ver outras pessoas. Bem, mas isto sou eu, eu não gosto de rotinas e faço tudo ao contrário daquilo que as pessoas esperam. Acho que tens a oportunidade podes agarrar, mas tens de te sentir segura disso! Vá força. Braga há muita vida, fico perto de muitas cidades lindas e as pessoas são simpáticas! beijinho

    ResponderEliminar
  6. Olha, acho que num curriculo fica sempre melhor a diversidade. Mostra que poderás ser dinamica e empreendedora. Pensa nisso. Pensa em Braga.

    ResponderEliminar
  7. Olá Jude!

    Há momentos na vida em que realmente sentimos essa necessidade de mudança e essa vontade em arriscar. Mas não temos uma bola de cristal... e custa tomar decisões como esta. Não posso falar sobre Coimbra pois não conheço bem. Mas quanto a Braga posso dizer que lá trabalhei quase dois anos apesar de nunca lá ter vivido e... adorei. Fui muito feliz em Braga, sim senhora.

    Já agora, vim até cá também para te dizer que tens um miminho no meu blogue :)

    Vá, um bom fim-de-semana. Aproveita bem*

    ResponderEliminar
  8. Olá:)
    Caí aqui por acaso mas não pude deixar de comentar!

    Sou a favor da mudança, do desconhecido e da descoberta...adoro a minha cidade, mas não a adoraria se tivesse que cá estar sempre e para sempre. Os medos e os receios iniciais serão substituídos pelo deslumbramento de um novo sitio que passámos a sentir como nosso também. Há precisamente um ano mudei-me para Viena, com a certeza que precisava da mudança na minha vida. Foi a melhor decisão que já tomei até hoje:) Estou de volta a minha cidade, e mais uma vez estou a procura da mudança!

    E sou de Braga:) Acho que não poderias "escolher" melhor sitio**

    Boa sorte**

    ResponderEliminar
  9. Acho que não perdias nada em arriscar. Pelo menos assim nunca terias a hipótese de ficar a remoer "e se eu tivesse ido?". E se dizes que começas "a ficar cansada de ver o mesmo todos os dias - as mesmas pessoas, os mesmos locais, as mesmas ruas", sempre era uma grande mudança e até te podia dar uma motivação extra para o estágio! Quanto à tua irmã, lembra-te que ela será sempre tua irmã e morar com ela não iria garantir que tivessem a cumplicidade que, pelos vistos, ambicionas ter. Logo, não deverias prender-te por isso na minha opinião, pois há muitas outras maneiras de conseguir esse tipo de relação. Mas pensa bem nisso querida, e como já disseram, segue o teu coração e faz aquilo que achas que te fará mais feliz ;)

    ResponderEliminar
  10. Eu precisava desesperadamente de mudar de ares, de conhecer novos sítios, novas pessoas.

    Quis o destino que eu fosse colocada em Aveiro e estou a adorar!
    Viver longe do que conhecemos faz-nos muito bem, acabamos por crescer e depois nunca mais ninguém nos consegue voltar a pôr numa gaiola.

    Eu também tinha medo, por não conhecer ninguém ou melhor, quase ninguém, mas quis também o destino que a minha turma fosse a melhor que já tive.

    Não mudava em nada a decisão vir para Aveiro :)

    ResponderEliminar