terça-feira, outubro 02, 2012

Há pessoas que não deviam ter facebook.

Por norma, dá-se demasiada importância ao Facebook. Há que perceber que uma foto é apenas uma foto, que um like é apenas um like, que um comentário não é mais que um comentário.
Não há paciência para as pessoas que fazem trinta por uma linha para tentar compreender porque é que fulano meteu um gosto numa ligação ou numa foto delas. Se meteu um gosto é porque gosta. Mais nada. Não significa que estão apaixonados. O botão chama-se Gosto, não se chama Amo-te e não tenho coragem de te dizer então meto um like no que acabaste de pôr no mural para perceberes que não deixo de pensar em ti.
Percebam que se o fulano mete uma foto com uma rapariga (ou vice-versa) ela pode, mesmo assim, ser só uma amiga. Não há que haver ali nenhum romance tórrido nas entrelinhas. Eu partilho fotos com amigos meus e não estou à espera que me venham perguntar se é meu namorado. Estamos no século XXI, caramba! Se o mesmo fulano comenta a foto de uma amiga não significa que seja mais importante do que o comentário que fez à foto do amigo dois minutos antes. Se, de cada vez que vão ao facebook do fulano se enfurecem com o que lá vêem, deixem de lá ir! É um favor que fazem à vossa sanidade mental e à dos amigos que têm de aturar tanto drama!

4 comentários:

  1. Opá eu nem sequer tenho facebook e sou feliz assim :D

    ResponderEliminar
  2. As pessoas dão muito valor a coisas pequenas e sem importância!

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. concordo plenamente com o teu texto.
    para fazer novos amigos é preciso que as pessoas reparem em mim, mas obrigada. :)

    ResponderEliminar