sábado, novembro 24, 2012

24/11

Mesmo passados sete anos, esta data continua a não passar em branco. Não porque ainda signifique alguma coisa, mas porque já significou. Lembro-me dos detalhes e dos momentos desse dia. Tinha 15 anos e claro que, com essa idade, sabia tudo sobre a vida e sobre o mundo. Não sabia, mas fui aprendendo. Fomos aprendendo em conjunto, e aprendemos tanto! Durante o tempo que nos foi permitido e que, hoje posso dizê-lo, foi o suficiente...mesmo que há cinco anos atrás me tenha parecido que só a eternidade o seria. Todos os dias reparo no relógio às 11:24. Todos os dias, sem qualquer explicação lógica para que isso aconteça. Não necessito dessa explicação e gosto mesmo de não a ter. Faz-me acreditar ainda mais que foi mais que um simples dia. Hoje, mais uma vez, desejei-te um feliz aniversário mas, mesmo que não fosse o teu dia, continuaria a sê-lo, mesmo com toda a anti-lógica subjacente. 

 

6 comentários:

  1. As lembranças recaem sempre sobre bons e maus momentos e aprendemos sempre com eles, por isso é bom lembrar!

    ResponderEliminar
  2. passaram seis anos e nunca me esqueço do dia.

    ResponderEliminar
  3. Há dias que deixam a sua marca eternamente no nosso coração e nas nossas recordações!

    ResponderEliminar
  4. Sigh... is all i can say! God bless you! :)

    ResponderEliminar
  5. É sempre assim, há pessoas que nos marcam e marcam dias e canções para sempre...

    ResponderEliminar