segunda-feira, janeiro 21, 2013

Depois de um fim-de-semana isolada do mundo, sem electricidade, sem rede e sem internet, hoje foi dia de compensar o trabalho que ficou por fazer. Se no fim-de-semana, com uma viagem no tempo ao início do século XX, aproveitei para pôr a leitura em dia e esgotar o stock de chocolate suíço que recebi no Natal, alapada à lareira, hoje a história foi outra. Já não se contam pelos dedos as tarefas que risquei na agenda e, para bem, nem devia estar a gastar tempo neste meu adorado blogue. Hoje o dia teve poucas horas para todo o trabalho que tinha para fazer e, segundo me parece, a semana vai ser toda assim. Mas sabe bem chegar ao fim do dia cansada se sentir que o tempo foi bem distribuído. É a sensação de dever cumprido e de que se está a fazer o que se deve. Por agora, mais um tempinho a estudar uns artigos e cama, que amanhã o dia começa cedo. 


5 comentários:

  1. Bem, ao menos não foi por andares a adiar nada, foi por motivos de força maior. E as coisas vão-se fazendo, com vontade e empenho! Força nisso :)

    ResponderEliminar
  2. Bem isso aí foi mesmo muito mau :/ sem luz nem nada? que horror :/

    ResponderEliminar
  3. O meu fim-de-semana foi mais ou menos igual, isolada no mundo...não gostei da sensação!

    ResponderEliminar