quarta-feira, fevereiro 06, 2013

Crónicas de uma estagiária XI

Comecemos pelas boas notícias:
A minha orientadora de tese tem-me elogiado imenso. Confesso que não gosto nada de me gabar e por isso, ainda só contei isto a duas pessoas. Ontem, no final da reunião, fiquei sozinha com ela na sala. Do nada, pergunta-me se já alguma vez pensei em seguir investigação, que já percebeu que tenho um jeito natural e que essa área está a precisar de mais gente. Elogiou a forma como sei escrever cientificamente  Fiquei contente, claro! E não é uma ideia que nunca me tenha passado pela cabeça. Mas já percebi que fazer planos não adianta. O mais provável é nunca colocar os pezinhos nesse campo e, portanto, já fico feliz com o elogio...

Agora as menos boas:
Com a falta de jeitinho que tenho revelado para a prática da psicologia, bem que o meu lugar deve estar melhor assegurado na investigação. Sinto-me insegura a toda a hora. Sinto que nada do que faço é eficaz. Chego mesmo a perguntar-me se é esta a minha vocação. Sim, eu ganho a confiança daqueles meninos...mas depois, parece que tudo o que faço não os ajuda. E aqui ando eu, a prolongar o meu desânimo e o deles.

7 comentários:

  1. Parabéns Jude! :) o tempo te dirá o que seguir! Às vezes o facto de nos sentirmos inseguros reletivamente a algo, é a peso da responsabilidade que tal coisa acarreta! Abreijo

    ResponderEliminar
  2. vá calma.. pode ser que até consigas ir para investigação se achas que é isso que queres luta por isso..

    kisses***

    ResponderEliminar
  3. Nunca hás de lá meter os pés?? Então? Se a tua orientadora te deu esse toque, pondera. E se lhe disseres que realmente estás interesada? Ela não te poderá reencaminhar, ajudar? Pensa e não digas que nunca farás isto ou aquilo.

    ResponderEliminar
  4. Ao menos uma boa notícia! E porque não seguir por aí? Às vezes o nosso caminho é aquele que nunca sequer imaginámos!

    ResponderEliminar
  5. acho que essas inseguranças são normais de todos os estagiários. Principalmente numa área como esta. Não desanimes, E tens sempre outras hipóteses e planos, se esse da prática não der certo. Até foste elogiada e tudo, hás-de ser mesmo boa! Não te preocupes com isso.

    ResponderEliminar
  6. Realmente não sei o que te aconselhe.. Eu tirei um curso profissional na área da informática, foi um curso muito teórico e prático tá quieto óh Manel!! Então também me sinto insegura . Ainda mais que agora procuro trabalho na minha área. Então penso se encontro um trabalho na minha área e me mandem fazer algo que eu não saiba fazer ou faça mal ?!

    Hum não sei.. Quanto a ti, não custa nada informares te sobre fazer investigação, ver como é e como não é.. isso não custa nada, depois na hora decides, hum ?! Continuação de boa tese, beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Lidar com as pessoas leva mais tempo do que a investigação, por isso tem calma de certeza que és uma óptima psicóloga só ainda te falta um pouco de experiência!

    ResponderEliminar