sexta-feira, maio 24, 2013

Eu e o J.

Nós os dois somos a prova de que é possível, para um rapaz e para uma rapariga hetero, serem amigos sem lhes passar pela cabeça envolverem-se de qualquer outra forma. Confiamos a 100% um no outro, disso não tenho dúvidas (vá, a 98 ou 99, porque há sempre coisas que só guardamos para nós)... Tudo o que que se passa connosco que pode ou merece ser contado, contamos um ao outro. Ele sabe coisas sobre mim que mais ninguém sabe. É, por exemplo, o único que sabe que tenho um blogue (mesmo que não saiba qual é) ou que estou a pensar, no fim deste ano, deixar de lado a prática da psicologia para tentar o caminho da investigação. E é a ele que conto estas coisa porque sei que é ele que me vai dar a orientação de que preciso. Ele sabe tão bem como eu (às vezes penso que até saiba melhor) o que é melhor para mim. Põe-me a moral p'ra cima quando preciso mas também me sabe pôr os pés no chão quando percebe que estou a divagar. Eu tento ser o mesmo para ele, se bem que acho que ele seja muito mais eficaz nessa tarefa. Seja como for vou tentando. Mas sim, também sinto ciúmes dele! Obviamente! Eu sou a melhor amiga dele e não gosto de ver o meu lugar posto em causa. Não há cá outras melhores amigas! A não ser, claro, que sejam p'ra ocupar também o lugar de namorada (e espero, sinceramente, que as coisas com aquela rapariga lá do trabalho se desenvolvam da melhor forma!). Mas "amigas" que têm uma conversa ou duas com ele e já acham que o conhecem, não! Isso dá-me vontade de as colocar bem no lugar delas, que eu já ando nisto há muitos anos e não foi chegar e andar. E pronto, tudo isto porque hoje acordei sem despertador, já quase às duas da tarde, e o cansaço da semana está a reflectir-se no meu estado de espírito. E portanto cá estou, a ter uma conversa enorme com ele, em que nos pomos os dois com devaneios e reflexões existencialistas que não fazem sentido com mais nenhum dos nossos amigos. 


5 comentários:

  1. Que lindo textinho, como eu te compreendo :)
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  2. Sabe tão bem ter um amigo assim! :)
    beijinho

    ResponderEliminar
  3. Também tenho uma amizade assim :) E é tão bom!

    ResponderEliminar
  4. É tão bom ter um porto de abrigo assim, não é?

    ResponderEliminar
  5. é bom ter amigos assim =) Eu acredito em apenas amizades com o sexo oposto =)

    ResponderEliminar