segunda-feira, agosto 05, 2013

sorting out feelings.

Às vezes a família pode ser a pior coisa que podemos ter. Agarram-nos, prendem-nos e cobram-nos coisas que não deviam cobrar. E nós ficamos assim, sem saber o que fazer e como agradar a pessoas que são eternas crianças insatisfeitas!

6 comentários:

  1. Jude, sei bem como te sentes. Mas vou-te dizer o que me disseram uma vez e que me deixou um bocadinho mais descansada: é normal a família ter expectativas. é normal os filhos desiludirem os pais. faz parte, é suposto isso acontecer, é sinal que estás a seguir o teu caminho :D

    mas sim, às vezes dá vontade de dar dois berros a essa gente toda -_-

    ResponderEliminar
  2. Todos temos histórias assim! Faz parte e só tens de respirar fundo e ir com calma ^^

    international Giveaway
    http://insanely-it.blogspot.pt/2013/08/win-end-of-summer-international-giveaway.html

    ResponderEliminar
  3. A família é maravilhosa mas a uma distância que nos permita manter a sanidade mental. Força ;)

    ResponderEliminar
  4. O equilíbrio familiar nem sempre é fácil de se conseguir, pois o choque geracional, pontualmente, vem ao de cima. Há que ter uma boa dose de tolerância, paciência mas também de capacidade crítica.

    ResponderEliminar
  5. Identifico-me com este texto, querida Jude. Há momentos em que, à minha maneira, só me apetece sair de casa, voltar para Coimbra, dizer tudo o que penso quando vão contra as minhas ideias... Fico magoada. Mas depois, quando estou longe e triste, percebo que é com eles que todos os meus problemas se resolvem e é em casa que me sinto melhor. Cada vez mais é com a família (pais e irmão) que me sinto bem porque, esses sim, aceitar-nos-ão sob qualquer circunstância. Só temos de saber levar o barco :)

    ResponderEliminar