segunda-feira, outubro 21, 2013

Crónicas do entreacto.

Se o agendamento de posts tiver funcionado, isto terá sido publicado à mesma hora que iniciei a minha primeira entrevista de emprego. Estou no norte, nos arredores do Porto, e gostava muito de ficar - é um dos meus desejos antigos, viver por estes lados. Candidatei-me espontaneamente na passada terça-feira e ligaram-me na quinta, a saber a minha disponibilidade para uma entrevista. Não estava nada à espera de uma resposta, principalmente de uma entidade que nem está a recrutar. Mas cá estou. Espero que corra bem, que me achem interessante, profissional e competente. Espero que seja um estágio remunerado e que, se for aceite, a OPP não coloque entraves. Não sei até que ponto o destino ou whatever estará realmente a sorrir-me - qual é a probabilidade de conseguir um bom estágio na minha área pouco mais de um mês depois de ter terminado o curso? Pois... De qualquer das formas, agora depende de mim. Torçam por mim!


12 comentários:

  1. Boa Sorte! Vais ver que vai correr bem! Se te chamaram e não estão a recrutar é porque realmente lhes interessas! :)
    Um grande beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Não há coincidências ;)
    Muita sorte! Fingers crossed your way!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Boa sorte. Só pelo que leio aqui já acho que és super competente, por isso não tenho dúvidas de que vais fazer boa figura :)

    ResponderEliminar
  4. Que corra tudo pelo melhor!! BOA SORTE **

    ResponderEliminar
  5. Independentemente do resultado o que te interessa é que as coisas estão a acontecer.
    E acontecem porque tu lutas por elas. Beijinhos e imensaaa sorte.

    ResponderEliminar
  6. espero muito que consigas, tu mereces. E se conseguires tenho a certeza que adorarás viver no Porto. é uma cidade tão linda, tão cheia de vida e de história. E as gentes do norte são feitas de outra matéria :) boa sorte!

    ResponderEliminar
  7. Qual é a probabilidade de conseguires um estágio tão cedo? Toda! O Destino é algo insondável e que encerra várias surpresas.

    ResponderEliminar