quinta-feira, abril 17, 2014

É tão bom.




Ter a manhã livre. Acordar sem despertador mas, ainda assim, cedo. Poder fazer um pouco de ronha na cama. Levantar, lavar a cara, vestir, calçar as sapatilhas e sair para ir comprar o melhor pão que existe. Passar pelo vizinho de baixo, que está a passear a cadelinha. Passar pelo quiosque que, invariavelmente, tem um grupo de 5 ou 6 pessoas paradas a ler os títulos do jornal. Diz que o Benfica ganhou. Dizer bom dia à senhora da confeitaria, que já me conhece e sabe o que quero. Trazer mais um pão de oferta. Voltar a casa e já ter o café pronto. Sentar e relaxar. Com a aragem da manhã e o aroma do café.

4 comentários: