sábado, maio 10, 2014

sábado.

O dia amanheceu cinzento e chuvoso. Eu, que acordei cheia de calor, não me podia ter sentido melhor ao sair para a varanda e apreciar o ar fresco da manhã. Pouco passava das sete, mas acordei com energia suficiente para fazer a mala, preparar-me para o trabalho e tomar o pequeno-almoço, descansada, no silêncio. Numa casa onde mora uma fala-barato, momentos assim valem por mil. Depois do trabalho espera-me a viagem do costume. Quando chegar vou cuidar um pouco de mim para, depois, dar atenção ao novo elemento da família e levá-lo ao veterinário, que é como quem diz a casa do H.. É por isto que dá jeito ter amigos. O pai faz anos hoje, por isso também vai haver tempo para lhe preparar um belo bolo e um jantar especial. À noite, já mesmo a chegar ao fim do dia, despende-se o resto do tempo com os amigos no sítio do costume. Isto de morar longe às vezes torna os fins-de-semana complicados... Toda a gente quer atenção mas o tempo corre depressa de mais. 



5 comentários:

  1. com uma boa organização, o tempo (quase) estica :) bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Aproveita bem o teu fim de semana :) Eu espero aproveitar a queima da melhor maneira! Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Espero que o Sábado tenha corrido bem. Bom Domingo ;)*

    ResponderEliminar
  4. Os dias parecem voar...principalmente os fins de semana =)

    ResponderEliminar
  5. É verdade, parece que o tempo não chega para nada...mas, por outro lado, aprende-se a dar mais valor a esses momentos e a aproveitá-los de uma forma especial!

    ResponderEliminar