sábado, outubro 11, 2014

Depois de alguma tempestade, alguma bonança.

As coisas acalmaram. Tinham de acalmar. Ainda que elas continuem a ser as mesmas pessoas, e ainda que todos aqueles sorrisos e palavras bonitas não passem de cinismo, sarcasmo e medo de eu me chatear a sério, prefiro que seja assim. Enquanto se sentirem ameaçadas por mim sou eu que lidero o jogo. E o mais giro é que nem foi preciso realmente ameaçá-las, bastou que elas lessem o meu contrato. E se o contrato está do meu lado, a legislação também. E se isso está do meu lado, algum significado tem de ter. Posto isto, reina de novo alguma calmaria por estes lados. Faltam pouco mais de dois meses e meio e, depois, finda esta etapa, outra melhor há-de naturalmente aparecer! Por agora, talvez para me amenizar ainda mais o espírito, vão chegando os meus dias favoritos do ano. Aqueles em que já é preciso um pijama e uma manta mais quente, em que de manhã, ainda cedo, já só se sai à rua com um casaco mais quente e em que já dá perfeitamente para trabalhar acompanhada por uma caneca bem cheia de mocha. Verão e calor são bons, pois são. Mas para mim a boa vida começa no Outono. :)

5 comentários:

  1. Vais ver que estes meses que faltam não vão custar nada, mas independentemente de elas serem umas víboras ou não, tens que pensar nas pessoas que atendes e não deixar que uma coisa influencie a outra (na medida do possível, é claro) e seres o mais profissional possível, que sei que és. Boa sorte :)

    ResponderEliminar
  2. Ao menos tudo acalmou, ainda bem!
    E sim, Verão é bom mas os dias de Outono são maravilhosos para os preguiçosos :)

    ResponderEliminar
  3. Jude, ainda bem que acalmou :D e sim, viva o Outono!

    ResponderEliminar
  4. Há sempre desavenças e por vezes, só o contrato é que nos posso ajudar dependendo do que está implícito. Força!

    ResponderEliminar
  5. De certeza que vai tudo correr melhor de agora em diante! :)
    Um beijinho*

    ResponderEliminar