terça-feira, dezembro 02, 2014

sorting out feelings.

Há precisamente um ano atrás chegava a esta cidade. Neste momento falta apenas um mês para a deixar. Apesar de querer muito ir embora e abraçar o futuro, também me apetecia ficar mais tempo. Não por este local de trabalho, mas pelas pessoas que aqui conheci e que agora posso chamar de amigas. Quero que este mês passe rápido, quero muito entrar num literal novo ano, nova vida... Mas também queria continuar a partilhar o dia-a-dia com eles. Vou sentir falta, bem sei, mas tudo na vida tem o tal preço. Para já, resta-me aproveitar estas últimas semanas da melhor forma. Ter a certeza que as memórias não vão ser apagadas e que, apesar de tudo, a minha marca vai ficar por aqui. Como me dizem muitas vezes ultimamente, "ainda vais ter muitas saudades nossas", e sei que vou mesmo. No outro dia a A. perguntava-me o que ia ser dela sem mim, mas, e por muito bem que isso me faça ao ego, talvez a questão seja o que vai ser de mim sem ela e sem todos eles. 

4 comentários:

  1. Compreendo, deixar amigos para trás custa sempre e trás um sabor agri-doce a todos os finais. Mas estás tão farta do trabalho e das chefes que acredito que no final o alivio por te veres livre disso vai ser enorme :)

    ResponderEliminar
  2. As pessoas e os momentos que nos marcam vão sempre connosco, no nosso coração, seja qual for o destino que escolhemos... Aproveita bem esses últimos momentos!

    ResponderEliminar
  3. Partilho da mesma opinião que a Kate... Aproveita o tempo que falta.. Chegará uma nova e melhor etapa na tua vida :)

    ResponderEliminar
  4. Eu me senti assim quando deixei o Brasil para ir morar nos EUA. Todos esses sentimentos foram muito presentes.Senti uma falta imensa do meus grandes amigos, mas como você disse, tudo tem seu preço e o preço que eu decidir pagar para realizar meu sonho foram as minhas amizades tão queridas.

    Beijos e sucesso nessa nova etapa da sua vida!

    Gisley Scott| Querido Deus obg por me exportar!

    ResponderEliminar