quinta-feira, março 05, 2015

sorting out feelings.

Tenho passado uns dias muito pouco amigáveis. Ontem peguei no computador e comecei a escrever sobre o que me atrapalha a vida neste momento. Fui impedida a tempo de o terminar. Não que escrever não seja catártico, mas a minha mente anda tão baralhada que as palavras acabam por não se conjugar bem. Hoje foi um dia melhor e, confesso, apesar de ser assumidamente uma pessoa de inverno, estes dois dias de sol e ameno calor têm a sua quota parte de responsabilidade na minha organização mental. Apesar de ter de andar de braço ao peito, resultado de uma tentativa falhada de passear o cão, resolvi sair para um caminhada. Já não suporto estar em casa e, lá está, quando todos os dias e a qualquer hora podemos fazer o programa de deitar no sofá e ver um bom filme... esse programa deixa de ter a mínima piada. Acho que temos de fazer sempre por o merecer, seja o que for. Saí então para caminhar e é nestas alturas que agradeço a sorte que tenho por ter nascido no campo. Meto-me por atalhos, caminhos vazios, sossegados, onde só se vêem as árvores e o verde...onde só se ouvem os pássaros e o vento. Senti o Sol na pele, esforcei-me, cansei-me, pensei tanto.. e sorri. A verdade é que não faço ideia de para onde vou ou quando vou. Não sei se vou ter sucesso, se vou conseguir ser independente como tanto quero. Não sei exactamente que rumos tomar porque há tantos que gostaria de tomar. Estou há dois meses parada e só sei que não posso estar mais, não consigo mais. Por isso, seja o que for que vier, terei de enfrentar os medos, as dúvidas e até, muito provavelmente, dias de imensa frustração... mas também tenho de acreditar que tudo se vai acabar por compor. 


5 comentários:

  1. Ficar em casa é bom, mas só quando não o fazemos sempre. Tens mesmo que sair, aproveitar o sol! Faz bem ao corpo e à alma. Bem sabemos que os temos não são fáceis e é muito fácil desanimar, perder o rumo. Mas vê lá se endireitas essa bússola e segues caminho! Seja como for, o teu percurso está à espera que comeces a dar os primeiros passos. Força!

    ResponderEliminar
  2. Espero que estejas bem jude sei que já não estás no teu estágio! Alguma coisa passa lá no cantinho! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Essas caminhadas ajudam imenso. Espero que encontres novamente algo que te ocupe o tempo e te preencha a alma. :)

    Voltei novamente à blogosfera e o teu blogue foi dos que procurei incessantemente.
    Um beijinho, Jude.

    Joana, Fim do dia.

    ResponderEliminar
  4. beijinho grande Jude, espero mesmo que consigas encontrar o teu caminho <3, ele aparece sempre quando menos esperas. beijinho grande

    ResponderEliminar