domingo, janeiro 10, 2016

nota pessoal em tom de desabafo.

Quanto mais convivo com pessoas ligadas à igreja (católica, neste caso), mais tenho a certeza que não passam de um bando de hipócritas. Eu não acredito em Deus. Em nenhum. Acredito na ciência, no Universo e, acima de tudo, na Mãe-Natureza. Mas em termos de valores morais tenho muitos mais do que aqueles que para aqui andam e se dizem padres e freiras e que invocam o no nome de Deus (em vão!). Adianta-lhes muito pregar se, no fim de contas, não têm um pingo de humanidade e do que gostam mesmo é de reconhecimento. Talvez achem que é assim que chegam ao céu mais depressa quando forem desta para melhor mas, a verdade é que as crenças não servem de nada quando o comportamento está todo aquém. Quando não se é justo, empático, preocupado, calmo... Por mim bem que podem ir direitinhos ao Inferno porque, ao menos, posso sentir rancor neste momento sem ter que me preocupar se é pecado ou não. 



5 comentários:

  1. Há algum tempo tenho reparado nisso. Não têm valores morais. Pensam que se forem à missa já têm o lugar reservado no céu.

    ResponderEliminar
  2. Eu fui educada segundo a religião católica mas desde cedo que comecei a achar alguns comportamentos estranhos e nunca acreditei num Deus mau e castigador e então deixei de frequentar a igreja. Mas tenho a minha fé e acredito numa Energia Superior, no Universo, num Deus que não julga nem interfere, apenas nos dá ferramentas para lá chegarmos. Acredito que a vida não é só isto. Mas não preciso de religião nenhuma para ter fé, para acreditar e para me sentir grata, todos os dias, pela vida!

    ResponderEliminar
  3. "Acredito na ciência, no Universo e, acima de tudo, na Mãe-Natureza". Isto é exatamente o que eu penso :)

    ResponderEliminar
  4. as pessoas católicas não são todas iguais, assim como as outras :) existem pessoas com bons e maus princípios independentemente das suas crenças :)

    ResponderEliminar