terça-feira, junho 21, 2016

cá estou eu, na minha roménia outra vez!

Depois de um pouco mais de quatro horas de voo, lá meti os pezinhos neste solo novamente. Confesso que era toda sorrisos a entrar para o avião e a ouvir as pessoas à minha volta a falar romeno. Era toda sorrisos quando pude dizer algumas palavras de que, afinal, ainda não me esqueci, quando troquei euros por lei. Por um lado sei que seria suposto sentir-me "mal" por deixar o meu país, a família, os amigos... Por outro, sinto uma calma que não tinha sentido ainda nos últimos tempos. Se por um lado me corta o coração pensar no meu pai e no meu cão, que ficaram sozinhos lá em casa, por outro sinto que é este o passo certo, que não posso ser mãe quando sou filha - o meu papel é voar, sair do ninho! Também penso, às vezes, se será normal este entusiasmo pela Roménia, se será genuíno mas, na verdade, desconfio que esse receio tem apenas a ver com um comentário infeliz que ouvi da boca dele, há uns tempos - o tal de que estou presa à Roménia e que tenho de ultrapassar isso. Afinal, não sou a primeira nem a última a encontrar noutro país o mesmo bem-estar que encontra em "casa". Ao contrário do que aconteceu em Setembro, desta vez vim acompanhada de uma calma que me chega a assustar. Acho que ainda não assimilei bem que estou noutro país, numa cidade que ainda não conheço, onde não tenho praticamente ninguém conhecido e que estou completamente por minha conta! Sinto-me estranhamente segura, com as coisas sob controlo. A ver vamos, um dia de cada vez. Baby steps. Para já limito-me a conhecer o caminho do hotel até ao shopping onde fui para me abastecer de comida, e além do calor abrasador e do caos do trânsito, sei ainda pouco acerca da rotina desta cidade. Amanhã é um dia novo, numa vida que não é nova mas que vai certamente ser diferente!

3 comentários:

  1. És uma pessoa de coragem. Que corra tudo bem :)

    ResponderEliminar
  2. Estou tão contente por ti, finalmente de novo onde te sentes bem :) com mais experiências novas pela frente, e vai contando tudo por aqui sim? Deixa esse amor devagarinho, vai soltando, não te prendas minimamente ao que ele já te disse de negativo, não é bom, vai soltandoooo, isso só o tempo atenua. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  3. Eu considero a mudança sempre boa, magica e entusiasmante. Vai correr bem. Está nas tuas mãos fazer correr bem. Confia em ti!

    ResponderEliminar